E vamos para o diário de bordo do segundo dia, caminhamos junto a Clarice e Sartre e usando como exemplo a pobre da Macabéa.
Antes de começar a contar sobre a vida de Macabéa propriamente dita, o narrador revela uma série de coisas, como se estivesse conversando com o leitor e é isso que faço aqui também…

2º Dia da semana filosófica
19:20

       Bem vindo amigos da rede (cof cof cof)… Boa noite!
Expectativa? Será que o salão vai encher que nem ontem?
A caneta que ganhamos no primeiro dia, assim como a pasta, são somente para o primeiro dia. Não entendeu? Eu explico a caneta não funciona mais, mas a pasta sim…
19:34
      E o salão ainda se meche, quer dizer, as pessoas ainda estão chegando.
19:38
      O atraso é motivador, já li isso em algum lugar…
Padre Wilson e a abertura para o segundo dia da semana filosófica, sermões, Avisos: Conteúdo da semana filosófica visite, leia, comente, mostre ao amigos o site www.filosofante.com.br. (Fiquei sabendo que é um site até que razoável.)
Hoje no período da tarde tivemos o curso de Machado de Assis.
Começando…
Clarice Lispector e o Existencialismo
      Professora Mirian do Santos e a apresentação de seu curriculum vitae.
Mirian toma a fala, agradecimentos.
O salão encheu!! (Oba!!!)
A obra a ser apresentada é A Hora da Estrela.

      O improviso é o melhor, frases no auditório bem na frente do salão, o texto está aberto? Posso apagar a luz? Posso? Não se esqueçam telefone sem fio no fim sempre é diferente, mas juro que eu ouvi isso…
Voltando… Literatura para os homens
Clarice e Sartre – existencialismo
O inferno esta nos outros? (Concordo plenamente)
Clarice tinha seu lado místico…
Sartre com seu lado ateu…
      Um pouco sobre como Clarice veio ao mundo, quer dizer um pouco sobre sua historia.
      Clarice é russa, mas na verdade é ucraniana, viajou muito pelo mundo, veio para o Brasil, isso mesmo, ela se perdeu por aqui. Depois de um tempo, com um diplomata se casou e pelo viajou, até rimou.
Duplo sentido das frases simples porem complicadas nas obras de Clarice Lispector.
      Epifania (do grego: Ἐπιφάνεια, : “a aparição; um fenômeno miraculoso” rá essa é para o Padre Juliano) – sentido religioso
Momento de revelações, quer dizer distrações, Mirian diz que muitos que estão no salão foram seus alunos e Joelma foi pega para Cristo (20 anos atrás, alguém era aluna de Mirian).
Sartre e o Ser em Si

A Hora da Estrela

Personagem principal: Macabéa (pobre Macabéa)
Macabéa e o vazio interior e o não ser
- Existir é fazer projetos

Divisão do livro:
13 títulos
Varias maneiras de se interpretar
Inicio = sim
Fim = sim

      Macabéa um leve desabafo, uma pobre coitada que não tinha nada, mas tinha todos os defeitos do mundo.
O ser em si volta à tona…
“O silêncio é a forma mais precária de ser”
E a liberdade para Macabéa esta próxima de acontecer.
Sartre
Vômito – movimento – a vida
Náusea – função reveladora
Existir é relacionar com as coisas do mundo
Vazio, silêncio para refletir sobre Clarice
Filosofia e literatura não servem para nada, servem para tudo
Mirian se despede com carinho
Padre Wilson e as perguntas, as perguntas…
Discussão sobre epifania, revelação, voltas e voltas
Padre Juliano toma a palavra e faz agradecimentos.
      O salão esvaziou tão rápido como encheu… Deve ser o café….
Café? Café Café Café Café Café Café Café! (Sim hoje tivemos café… E bolacha, levei algumas para casa…)
      Encontrei os convidados, bendito café, algumas distribuições de santinhos, período eleitoral, até a próxima e obrigado.

Escrito Por: Thiago da Silva
2º Período de Filosofia